Menus de configuração no Painel de Administração

URANTIA

A Missão do Livro de Urântia e dos Grupos de Estudo

O Mandato de Publicação*

“O livro está sendo oferecido, muito antes de sua missão mundial, para aqueles que estão prontos para ele.”

“Uma publicação antecipada do livro foi permitida para que pudesse estar à disposição de líderes e instrutores, para treinamento.”
“Milhares de grupos de estudo devem ser formados.”

O Mandato de Publicação é um documento que contém instruções e conselhos dos reveladores responsáveis pela entrega de “O Livro de Urântia”. Eles afirmaram que o livro estava sendo entregue muito antes de sua real missão, àqueles que estavam prontos para recebê-lo e que estes poucos deveriam ser treinados e depois treinar outros e mais outros até que um exército de líderes esteja formado, para então poderem trabalhar na sua real missão.

É por isto que os Grupos de Estudo são tão importantes. Um líder deve assumir o seu compromisso de treinar novos líderes e os Grupos de Estudo são o campo deste treinamento.

Lembremo-nos de Jesus, que antes escolheu seis homens para que fossem os primeiros líderes, depois os incumbiu de escolher mais seis, e então os doze escolheram mais setenta, que foram treinados e depois enviados a proclamar os seus ensinamentos. Estes mensageiros formaram outros e mais outros, e assim o mundo inteiro pode conhecer Jesus.

Quais os propósitos de um Grupo de Estudo?

São de grande utilidade no estabelecimento da fraternidade espiritual entre os homens.

“A fraternidade constitui um fato de relacionamento entre cada personalidade na existência universal. Nenhuma pessoa pode escapar dos benefícios ou das penalidades que podem advir como resultado do relacionamento com outras pessoas. A parte beneficia-se, ou padece, na mesma medida do todo. O bom esforço, de cada homem, beneficia a todos os homens; o mal ou o erro, de cada homem, aumenta a atribulação de todos os homens. À medida que a parte se move, assim move-se o todo. À medida que o todo progride, assim progride a parte.” [doc. 12, pág. 138:2]

São de grande ajuda para o treinamento de líderes e instrutores.

“A liderança é vital para o progresso. A sabedoria, o discernimento interior e a previsão são indispensáveis para que as nações perdurem. A civilização só está realmente em perigo quando a liderança capaz começa a desaparecer. E a quantidade dessa liderança sábia nunca excedeu a um por cento da população.” [doc. Pág. 911:7]

Fomentam o crescimento espiritual e intelectual.

“O crescimento espiritual é estimulado mutuamente pela associação íntima com outros religiosos. O amor propicia o solo para o crescimento religioso — uma atração objetiva, em lugar de uma gratificação subjetiva — e ainda proporciona a suprema satisfação subjetiva. E a religião enobrece a lida comum da vida diária.”[doc 100, pág. 1094:2]

Fomentam uma melhor compreensão das verdades espirituais e da integração dos ensinamentos de “O Livro de Urântia”.

“Um grupo social de seres humanos trabalhando em harmonia coordenada representa uma força muito maior do que a soma simples das suas partes” [doc. 133, pág. 1477:1]

São influências positivas e fortes para as mudanças na sociedade.

“O chamamento à aventura de edificar uma nova e transformada sociedade humana, por meio do renascimento espiritual da irmandade, no Reino de Jesus, deveria comover e apaixonar a todos aqueles que crêem nele, de um modo como os homens não se comovem desde os dias em que eles perambulavam pela Terra como companheiros dele na carne.” [doc. 195, pág. 2084:6]

Quais as suas funções?

Um aprofundamento no estudo dos ensinamentos de “O Livro de Urântia”.

“Nós consideramos O Livro de Urântia como o ponto essencial da evolução progressiva da sociedade humana.” [MP]

Uma compreensão mais ampla e mais profunda dos significados intelectuais e espirituais dos ensinamentos de “O Livro de Urântia”.

“A mente humana não cria valores reais; a experiência humana não gera o discernimento universal. Quanto a esse discernimento, o reconhecimento dos valores morais e o discernimento dos significados espirituais, tudo o que a mente humana pode fazer é descobrir, reconhecer, interpretar e escolher.” [doc 196, pág. 2094:9]

Fomentar a emergência de líderes e instrutores.

“A religião necessita de novos líderes, de homens e mulheres espirituais, que ousarão depender apenas de Jesus e dos seus ensinamentos incomparáveis… E, então, essas almas nascidas do espírito irão rapidamente preencher os quesitos de liderança e de inspiração, para a reorganização social, moral, econômica e política do mundo.” [doc. 195, pág. 2082:9]

O aprendizado da fraternidade espiritual.

“Eu vim ao mundo para revelar o meu Pai e para estabelecer na Terra a fraternidade espiritual dos filhos de Deus, o Reino do céu.” [doc. 153, pág. 1710:2]

Fomentar a evolução progressiva da sociedade.

“A sociedade não é uma instituição divina; é um fenômeno da evolução progressiva; e o progresso da civilização é sempre retardado, quando os seus líderes são lentos em fazer as mudanças, na organização social, essenciais para que seja acompanhado o ritmo dos desenvolvimentos científicos da época.” [doc. 81, pág. 911:4]

Quais as suas características?

Sua universalidade – pode ser formado em qualquer país e em qualquer idioma.
Sua amabilidade – estimula as pessoas e exercitar o amor.
Sua disponibilidade – exige compromisso e disponibilidade dos participantes.
Sua variedade – promove o crescimento intelectual e espiritual.
Sua adaptabilidade – permite a abordagem de diversas áreas do conhecimento.

Quais as suas exigências?

Exclusividade – o estudo deve manter o seu foco exclusivamente no Livro de Urântia.
Autenticidade – a garantia de estudo do livro e não alternadamente com outras obras.
Flexibilidade – é permitido consultar outras obras, mas o livro deve preponderar.
Disponibilidade – o local deve ser disponibilizado de preferência no mesmo dia e horário.
Comprometimento – os participantes devem ser comprometidos uns com os outros.

Qual a sua relação com o treinamento de líderes e instrutores?

Fomentar a emergência das capacidades de aprender e de ensinar.

“Vós entrastes nessa grande obra de ensinar ao homem mortal que ele é um filho de Deus. Eu mostrei-vos o caminho; ide em frente fazer o vosso dever e não vos canseis de fazê-lo bem. A vós e a todos que seguirão os vossos passos através das idades, deixai que eu diga: Eu estarei sempre perto, e a minha convocação-convite é, e será sempre: Vinde a mim todos vós que lutais e que estais levando fardos pesados, e eu vos darei o descanso. Tomai o meu jugo para vós, e aprendei de mim, pois sou verdadeiro e leal, e vós encontrareis o descanso espiritual para as vossas almas.” [doc. 163, pág. 1808:1]

Fomentar a emergência das capacidades de liderança.

“Na civilização, muito, muitíssimo mesmo, depende de um espírito entusiasta e que constitua uma liderança poderosa. Dez homens são de pouco mais valia do que um só, para levantar um grande peso, a menos que eles o levantem juntos – todos ao mesmo tempo. E tal trabalho de equipe – a cooperação social – depende de uma liderança.” [doc. 81, pág 911:2]

Qual é a sua relação com a educação?

Fomentar o aprendizado de conceitos complexos.

“À medida que vós ascenderdes na experiência da sobrevivência, vós ireis ampliar os vossos conceitos do universo e ampliar os vossos horizontes de significados e valores…” [doc. 54, pág. 620:2]

Fomentar uma compreensão mais profunda de “O Livro de Urântia” e de seus ensinamentos.

“A religião finalmente alcança a compreensão profundamente simples de um amor Todo-Poderoso, o amor que invade a alma humana de um modo irresistível, quando ela desperta para a concepção da afeição ilimitada do Pai Universal pelos filhos do universo.” [doc. 90, pág. 986:3]

Fomentar o trabalho em equipe e de aprendizado.

“Uma das lições mais importantes a serem aprendidas, durante a vossa carreira mortal, é o trabalho em equipe. As esferas da perfeição são povoadas por aqueles que já têm a mestria dessa arte de trabalhar com outros seres. Poucos são os deveres no universo para os Servidores isolados. Quanto mais para o alto vós ascenderdes, mais isolados vós vos tornareis, quando temporariamente privados do relacionamento com os vossos semelhantes.” [doc. 28, pág. 312:2]

Encontrar respostas para questões difíceis.

“Quando vos tornardes inteiramente dedicados a fazer a vontade do Pai no céu, a resposta a todos os vossos pedidos será concedida porque as vossas preces estarão de pleno acordo com a vontade do Pai, e a vontade do Pai manifesta-se sempre em todo o seu vasto universo. Aquilo que o verdadeiro filho deseja e que é da vontade do Pai infinito, É. Uma prece feita desse modo não pode permanecer sem resposta, e possivelmente nenhuma outra espécie de pedido pode ser atendida integralmente.” [doc. 146, pág. 1639:2]

Qual a sua influência no indivíduo?

Proporciona uma alavanca para o crescimento espiritual.

“Este evangelho do Reino é uma verdade viva… A revelação que fiz a vós é uma revelação viva, e eu desejo que produza frutos apropriados em cada indivíduo e em cada geração, de acordo com as leis do crescimento espiritual, do desenvolvimento e do aperfeiçoamento adaptado. De geração para geração, este evangelho deve mostrar uma vitalidade crescente e exibir maior profundidade de poder espiritual.” [doc. 178, pág. 1931:6]

Aumenta a compreensão intelectual e espiritual dos ensinamentos de “O Livro de Urântia”.

“No Reino da fraternidade crente de amantes da verdade e de sabedores de Deus, essa regra de ouro assume qualidades vivas, de compreensão espiritual, naqueles níveis mais elevados de interpretação, que levam os filhos mortais de Deus a ver essa injunção do Mestre como exigindo deles que se relacionem com os seus semelhantes de um modo tal que eles recebam o bem mais elevado possível, como resultado do contato do crente com eles. Esta é a essência da verdadeira religião: que ames ao teu próximo como a ti mesmo.” [doc.180, pág. 1950:2]

Proporciona para o indivíduo um ambiente para compartilhar experiências de sua vida prática.

“O conhecimento é adquirido apenas pelo compartilhamento; ele é salvaguardado pela sabedoria e socializado pelo amor.” [doc 48, pág. 557:12]

Melhora o relacionamento social.

“Nenhuma pessoa pode escapar dos benefícios ou das penalidades que podem advir como resultado do relacionamento com outras pessoas.” [doc. 12, pág. 138:6]

Contribui para uma melhor disciplina de vida.

“Nós proclamamos uma mensagem de boas-novas, que é contagiante, pelo seu poder de transformação. A nossa religião está pulsando, com nova vida e novos significados. Aqueles que aceitam esse ensinamento ficam repletos de júbilo e, nos seus corações, são levados a rejubilarem-se ainda mais. Uma felicidade crescente é a experiência contínua para todos aqueles que estão seguros a respeito de Deus.” [doc. 159, pág. 1766:6]

Qual a sua influência na família?

Melhora as capacidades de comunicação.

“A comunicação simbólica entre os seres humanos predetermina o iniciar da existência de grupos sociais. O mais eficiente de todos os grupos sociais é a família, mais particularmente o grupo dos dois progenitores.” [doc. 160, pág. 1775:5]

Melhora o relacionamento dentro do grupo.

“A personalidade é diretamente sensível à presença de outra personalidade… Ela é caracterizada pela moralidade – a consciência da relatividade no relacionamento com outras pessoas.” [doc. 112, pág. 122:11]

Enfatiza o respeito pelas pessoas.

“A vida espiritual faz o auto-respeito aumentar vigorosamente. Mas o auto-respeito não é auto-admiração. O auto-respeito está sempre coordenado com o amor e o serviço ao semelhante. Não é possível respeitar a si próprio mais do que amar ao semelhante; um é a medida da capacidade para o outro.” [doc. 156, pág. 1740:1]

Aprimora o modo de ouvir.

Qual a sua influência na sociedade?

Melhora a consciência social.

“A religião e a consciência social têm em comum o seguinte: elas são baseadas na consciência da existência de outras mentes. A técnica por meio da qual vós podeis aceitar a idéia de alguém como sendo a vossa é a mesma pela qual vós podeis “deixar a mente que esteve em Cristo estar também em vós”. [doc. 102, pág. 1123:1]

Transforma a sociedade pessoa por pessoa.

“A revelação religiosa é essencial à realização da irmandade em Urântia. Ainda que Jesus tenha mostrado o caminho para a edificação imediata da irmandade espiritual, a efetivação da irmandade social no vosso mundo depende muito da realização de transformações pessoais e de ajustamentos planetários…” [doc. 52, pág. 597:3]

Promove o envolvimento social.

“A prece grupal ou congregacional é muito eficiente, pois é altamente socializante nas suas repercussões. Quando um grupo se empenha em uma prece comunitária para o enaltecimento moral e para a elevação espiritual, tais devoções atuam sobre os indivíduos que compõem o grupo e todos se tornam melhores em conseqüência da participação.” [doc. 91, pág. 998:5]

Leia o O Mandato de Publicação na íntegra

“(Vocês) devem estudar novamente os tempos de Jesus na terra. (Vocês) devem anotar cuidadosamente como o reino do céu foi inaugurado no mundo. Teve uma evolução lenta e se desenvolveu naturalmente? Ou veio como uma súbita demonstração de força e como uma espetacular exibição de poder? Foi evolucionário ou revolucionário?”

Conclusão

Grupos de Estudo são um dos vários meios pelos quais a sabedoria de Deus pode se manifestar na evolução gradual da consciência cósmica nos humanos.

* Trechos do documento “mandato de publicação” de abril de 1955 por Dr. William Sadler.

14 de dezembro de 2016

0 responses on "A Missão do Livro de Urântia e dos Grupos de Estudo"

Deixe sua mensagem

UAB - URANTIA ASSOCIAÇÃO DO BRASIL
X