Os antigos líderes do movimento Urântia foram aconselhados a formarem milhares de grupos de estudos. Talvez porque o ambiente de grupos de estudos seja considerado o local mais eficaz para que os ensinamentos do Livro de Urântia se enraízem

nos corações e mentes dos participantes enquanto se desenvolvem laços sociais e de amizade entre os leitores. O ideal é que a participação em grupos de estudos permita que se desenvolva um crescimento natural da compreensão numa atmosfera familiar e amigável.

Os anfitriões de grupos de estudos embarcam numa jornada repleta de muitas compensações assim como de algumas dificuldades. Alguns grupos de estudo prosperam e outros não. Anfitriões de grupos de estudos bem sucedidos descobriram que as chaves básicas para o sucesso são consistência, dedicação, paciência, compreensão, amor e esforço.

O objetivo desta publicação é dar assistência aos leitores que desejam tornar-se anfitriões de grupo de estudos do Livro de Urântia ou que já estejam exercendo este papel. Comprometer-se a liderar um grupo de estudos é uma decisão significativa pois se deve estar preparado para compartilhar estes documentos, que são tão caros e próximos a seu coração, com pessoas pouco conhecidas.

A Fundação Urântia não dispõe de um conjunto de regras para a formação e conduta de um grupo de estudos. No entanto, podemos compartilhar o que aprendemos com nossos companheiros leitores que participaram em vários tipos de grupos. Com o passar do tempo, cada grupo desenvolve sua própria característica e estilo particular de estudar o livro, um estilo que melhor se ajuste às necessidades de cada um dos seus membros.

Se você está interessado em ter seu grupo de estudos listado na base de dados da Fundação, de maneira que lhe sejam encaminhados novos leitores da sua área, você pode entrar em contato com a Fundação e requerer um formulário de encaminhamento de grupo de estudos. Para que a Fundação encaminhe leitores ao seu grupo de estudos, nós pedimos apenas que os grupos sejam não-políticos e que o foco do estudo seja apenas o Livro de Urântia.

Sugestões para começar seu grupo de estudo

  1. Estabelecer um dia, horário e local consistentes para o grupo de estudos. É importante decidir uma agenda confiável para que os membros possam se programar para as reuniões.
  2. Providencie um local confortável para reunirem-se que tenha boa iluminação. Café, chá e refrescos leves acrescentam uma atmosfera amigável.
  3. Não seja facilmente desencorajado: os grupos têm seus fluxos e refluxos com o passar do tempo, mas se o local de reunião for consistentemente providenciado, as pessoas respondem. Apesar de que a Fundação pode ajudar encaminhando leitores ao grupo, muitos grupos crescem através de referências de boca em boca na sua área.

“O isolamento tende a exaurir a carga de energia da alma. A associação com os semelhantes é essencial para a renovação do gosto pela vida e é indispensável à manutenção da coragem para lutar nas batalhas conseqüentes da ascensão aos níveis mais elevados da vida humana. A amizade intensifica as alegrias e glorifica os triunfos na vida. As ligações humanas de amor e intimidade tendem a aliviar o sofrimento das penas da vida e a dificuldade de muitas amarguras. A presença de um amigo acentua toda a beleza e exalta toda a bondade. Por meio de símbolos inteligentes, o homem torna-se capaz de vivificar e aumentar as capacidades de apreciação dos seus amigos. Uma das glórias que coroam as amizades humanas é esse poder e possibilidade de estímulo mútuo da imaginação. Um grande poder espiritual é inerente à consciência da devoção, de todo o coração, a uma causa comum, à lealdade mútua a uma Deidade cósmica. ” [doc. 160, pág. 1776, par. 2]

“Um grupo social de seres humanos trabalhando em harmonia coordenada representa uma força muito maior do que a soma simples das suas partes ” [doc. 133, pág. 1477, par. 1]

“Uma liderança eficiente e sábia. Na civilização, muito, muitíssimo mesmo, depende de um espírito entusiasta e que constitua uma liderança poderosa. Dez homens são de pouco mais valia do que um só, para levantar um grande peso, a menos que o levantem juntos — todos ao mesmo tempo. E tal trabalho de equipe — a cooperação social — depende de uma liderança. As civilizações culturais do passado e do presente têm-se baseado na cooperação inteligente dos cidadãos para com os líderes sábios e progressistas; e até que o homem evolua até níveis mais elevados, a civilização continuará a depender de uma liderança sábia e vigorosa.” [doc. 81, pág. 911, par. 2]

Não é necessário ter um domínio completo do livro para liderar um grupo. É útil se alguém no grupo tiver lido o livro todo pelo menos uma vez; no entanto, um líder não precisa ser um experto no livro. A chave é ser um bom facilitador do processo grupal enquanto os membros descobrem a verdade entre si. Ninguém pode saber todas as respostas. Cada pessoa deve ser encorajada a compartilhar suas opiniões e experiências no processo de descoberta. Os leitores ficam ansiosos para ir adiante e ajudar no processo de descoberta, e é isto que faz um bom grupo. Cada membro deve ter oportunidade de falar e compartilhar opiniões. Uma pessoa que exerça muito controle sobre o grupo pode se tornar um problema para os outros. O estudo do livro é uma aventura compartilhada, não uma conferência .As descobertas num grupo são um esforço de equipe.

O povo ouvia-o [Jesus] com alegria porque ele era um deles, um leigo despretensioso; o maior de todos os instrutores religiosos foi, em verdade, um leigo.” [doc. 196, pág. 2090, par. 5]

Não ter lido o livro todo não deve desencorajar novos leitores que estão começando um grupo, mas que não tem um líder experiente. Muitos grupos começam com todos os leitores sendo novatos e prosperam. Novos leitores podem querer estabelecer contato com outros grupos de estudos para discutir assuntos difíceis porque isto ajuda a explorar o maior número de pontos de vista possível quando se busca a verdade. Não há uma visão única e autorizada dos ensinamentos.

Assim como não há uma maneira única e autorizada de estudar o livro. A maioria dos grupos lê um documento durante as reuniões, parando para discutir pontos de confusão ou interesse. Alguns grupos lêem documentos consecutivamente, outros escolhem um documento ao acaso. Outros estudam tópicos.

Certamente é do nosso melhor interesse reunirmo-nos para estudar ou cumprir tarefas, mas devemos também estar atentos que não há vantagem em alcançar uniformidade filosófica consistente. È a diversidade de pontos de vista e de experiências que faz o grupo de estudo tão interessante e desafiador. Grupos de estudo podem facilitar o crescimento e a socialização, mas eles podem também apresentar novos e surpreendentes conflitos de interpretação do livro. Os membros do grupo se deparam com novas e inesperadas oportunidades de crescimento enquanto aprendem juntos. Conflito não é necessariamente negativo. Resolver conflitos e transformá-los em significados e valores mais elevados é uma habilidade que pode ser adquirida pelo esforço, paciência e gentileza.

Novas percepções religiosas surgem de conflitos que dão início à escolha de novos e melhores hábitos de reação, no lugar de formas antigas e inferiores de reação. Novos significados emergem apenas em meio a conflitos; e o conflito persiste apenas em face da recusa de esposar os valores mais elevados, portadores dos significados superiores.” [pág. 1097, par. 5]

Há muitas referências no Livro de Urântia que podem lhe ajudar em sua tarefa, e todos os membros do seu grupo podem se valer das mesmas. Algumas destas citações estão listadas no fim desta publicação.

Fazendo contato com membros em potencial

A Fundação Urântia mantém uma base de dados de leitores que estão interessados em fazer contato com outros leitores. Você pode fazer contato com o escritório para informações sobre sua área.

Amigos pessoais e conhecidos interessados no livro geralmente se ajustam facilmente ao grupo de estudos. Encaminhamentos de outros membros do seu grupo também funcionam. Uma advertência: se você for uma mulher solteira anfitriã de reuniões, você pode desejar encontrar-se com as pessoas encaminhadas em local público antes de convida-las à sua casa. Nós desejamos que você use de toda prudência e conhecimento sobre assuntos de segurança ao considerar como lidar com tais situações.

Estabelecendo horário e local para os encontros

Um ingrediente essencial para o sucesso parece ser um grupo-núcleo de leitores que se comprometa a reunir-se numa hora e local rotineiros , dando desta forma, consistência e coerência ao grupo. Se as reuniões mudarem de local, dia e horário freqüentemente, pode-se notar uma diminuição na participação porque os membros terão dificuldade em lembrarem-se e planejarem-se para as reuniões. Se a consistência não for uma opção, um calendário pode ajudar a manter as coisas nos eixos. Você também deve estabelecer um horário para começar e terminar o grupo.

Providenciando ambiente confortável

As reuniões geralmente ocorrem na casa do anfitrião, mas bibliotecas e centros comunitários por vezes contam com salas de reunião para o público. O local da reunião deve ser confortável e com boa iluminação para leitura. É bom que todos possam sentar-se de modo a se verem uns aos outros. Uma mesa é útil para fazer anotações e espalhar o material.

É uma boa idéia (mas não essencial) ter disponíveis para referência o Urantia Book Concordance (relação de palavras ou tópicos mencionando o local onde se acham) ou um computador com a versão eletrônica do Livro de Urântia instalada, uma Bíblia, um Índice de Palavras –chave e um Guia de Pronúncia. Pode ser também útil ter cópias adicionais do livro para os novatos que não têm ainda os seus próprios livros.

Equilibrando estudo e socialização

É útil estabelecer um equilíbrio entre estudo e socialização nas reuniões. Exceto por celebrações, jantares informais (onde cada um traz um prato) e reuniões com propósitos puramente sociais, você pode desejar orientar como o tempo será administrado no grupo. Geralmente, os grupos passam mais tempo estudando do que socializando em reuniões regulares.

Alguns grupos começam ou terminam com uma breve oração ou um momento de silêncio, mas esta é uma decisão do grupo. Em alguns grupos as pessoas se revezam trazendo sobremesa para um momento social após as reuniões. Outros têm petiscos disponíveis durante a reunião.

Esperamos que estas informações sejam úteis e desejamos boa sorte para seu grupo de estudos. Por favor não hesite em nos contatar se pudermos ser mais úteis.

Referências em “O Livro de Urântia” que podem ajudar

A Viagem a Decapolis (documento 159, página 1762):
. Introdução para Professores e Crentes
. Resolução de Conflitos
. Perdão

Religião na Experiência Huaman (documento 100, página 1094):
. Crescimento Religioso
. Problemas de Crescimento
. O Auge da Vida Religiosa

Obs: Todas as citações desta publicação são do Livro de Urântia.

Sugestões para Começar um Grupo de Estudo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *