Já sabe quem escreveu Urântia?

O primeiro exemplar do livro de Urântia foi publicado em meados de 1955. Trata-se de uma obra sincrética, não religiosa, que foi escrita por seres espirituais.

A obra é composta por 197 documentos escritos originalmente em inglês e logo mais traduzido para outras línguas como o português. Lemos no livro que os Reveladores vieram a terra disseminar o seu
conhecimento e escolheram pessoas específicas que receberam tudo de forma detalhada e profunda. O livro nos diz que a mais alta autoridade planetária, os reveladores, vieram a terra com vários objetivos entre eles, a elevação da vida humana por meio da verdade espiritual.

O plano determinava a criação da Fundação Urântia e suas diretrizes, como a formação de grupos de estudos e a de que O Livro de Urântia não se tornasse uma religião, pois o propósito dos reveladores era bem claro, sobre tudo o que vivemos até aqui, incluindo a vindo de Jesus Cristo e o plano de transmissão realizado pelos Reveladores ao Comissários de Contato, que por sua vez, compartilharam todas as informações com o Fórum.

Se perguntado fisicamente que(m) seria o autor de dessa obra, dadas as devidas proporções judiciais, não seria possível, atualmente. O que sabemos sobre essa verdade, é que os documentos eram escritos pelos Reveladores de acordo com as perguntas do Fórum. Estes recebiam as respostas e faziam mais perguntas e assim foi o processo de revelação do Livro. Consulte a fonte histórica aqui.

O que podemos dizer é que O LIVRO DE URÂNTIA apareceu escrito a mão. Ele foi materializado desta forma, documento por documento e tem aqui uma questão bem importante que o Dr Sadler deixa claro, é que os documentos não foram realizados sob o processo de canalização.

O Dr. William Samuel Sadler, cirurgião e psicanalista americano, foi chamado para atender um paciente que falava dormindo o “Sujeito Adormecido”, coisas que sua esposa não compreendia. E o Dr Sadler tratou deste sujeito por muito tempo onde os Reveladores utilizavam da voz do sujeito adormecido para falar com a Comissão de Contato. Este sujeito adormecido não se lembrava de nada quando desperto, e nem se interessava sobre tais assuntos, tal qual não quiz se envolver… Veja aqui a história completa.

Acredita-se que todos os ensinamentos do Livro de Urântia foram entregues para a humanidade por seres cósmicos, ou seja, não se trata de uma autoria humana devido a complexidade dos temas e a visão vanguardista da ciência vistas nos dias atuais. O que é bastante óbvio, é que esses “sábios dizeres” eram comunicações originais dirigidas aos Comissários de Contato, ou seja, as pessoas que ouviram as revelações de fato dos grandes seres cósmicos.

Sabe-se que os reveladores não puderam passar todo o conhecimento para a humanidade devido a uma falta de entendimento humano e limitações que possuímos ainda hoje e que muito foi abstraído a fim de não causar maiores dificuldades frente a época.

Agora nos fale, você tem alguma outra dúvida sobre o Livro de Urântia?
O que mais precisa saber?

Vamos juntos entender tudo isso, afinal tudo faz parte de quem nós somos e quem ainda seremos.

A história da humanidade é fascinante, por isso vamos desvendá-la juntos entendendo Nebadon, Cristo Michael, Filho Criador do Paraíso e tantos outros tópicos que são esclarecidos detalhadamente pelo autor misterioso no livro e por todos aqui nesse espaço, que é só nosso.

Imagem padrão
UAB Brasil
Artigos: 63

Deixar uma resposta