O caminho até Deus

Embora a ida até a presença do Pai no Paraíso deva aguardar até que tenhais alcançado os níveis finitos mais elevados de progressão do espírito, vós deveríeis rejubilar-vos com o reconhecimento da possibilidade, sempre presente, de comunhão imediata com o espírito outorgado do Pai, que está associado tão intimamente à vossa alma interior e ao vosso eu em constante espiritualização.

5:1.3 (63.1)

A ideia que temos de Deus é de um ser criador do Céu e da Terra ,todo poderoso e amoroso. A maioria dos seres humanos anseia em conhecê-lo e estar em Sua presença. Muitas vezes nos sentimos incapazes desta comunicação,  nosso ser material fala mais alto e as necessidades da vida nos levam a procurar a sobrevivência. O trabalho muitas vezes toma todos os esforços da vida e pouco tempo sobra para pensarmos na nossa essência espiritual, mas a religião ou o desejo de conhecer o criador e o porquê da criação se apresenta  de tempos em tempos. As vezes damos mais atenção a estes apelos e diante dos desafios da vida recorremos a este Deus que sabemos Todo Poderoso.Se nada mais podemos fazer por nossas forças, recorremos à Deus, esta força poderosa e divina.

Mas afinal quando veremos o Criador? Quando estaremos em Sua presença? O Livro de Urantia nos revela que o Pai Universal é uma personalidade real e que algum dia chegaremos à  Sua presença. O reconheceremos como o Deus de toda a criação.  Porém este caminho é longo. A criatura deve estar espiritualmente preparada para reconhecer essa presença.

E esta preparação acontece através de nossa vida ascensional. Desde que somos concebidos pelos nossos pais recebemos o presente da vida. Uma vida não só física mas também permeada pelos cuidados divinos. Contando com estes cuidados e ajudados por nossos pais crescemos, vivemos nossa vida física e um dia deixamos o corpo material para continuar como seres quase espirituais.

Nossas almas então viverão uma outra realidade que o Livro de Urantia chama de realidade moroncial, que é um estado intermediário entre a matéria e o Espírito. Neste estado teremos outro corpo que acolherá nossa alma que então continuará sua aventura ascensional até um dia chegar a ser um Espírito capaz de reconhecer a Deus que é um ser perfeito.

Para trilhar este caminho que começa aqui, temos somente que viver nossas vidas na fé viva e praticar o amor fraterno assim como foi nos ensinado pelo mestre Jesus. Assim algum dia em um futuro distante estaremos na presença de Deus e o veremos na Sua essência de Amor. Até  chegarmos lá viveremos a aventura da vida, com nossos anjos e o próprio Deus a nos ajudar. Aproveitemos a viagem. 

O mundo é maravilhoso, a natureza é magnífica. Façamos nossa parte para fazer deste mundo um lugar onde a fraternidade seja a grande realidade.

Imagem padrão
Redacão Urantia Brasil
Artigos: 7

Deixar uma resposta