Urântia Associação do Brasil

Trabalho em equipe e serviço!

Breve descrição sobre o Livro de Urântia

O livro de Urântia, publicado pela primeira vez pela Fundação Urântia em 1955, foi escrito por seres celestiais e é considerado a 5º Revelação de Época para o nosso planeta de Urântia.

Breve descrição

O Livro de Urântia

Publicado em 1955, o livro descreve como seu propósito o de expandir a consciência cósmica e melhorar a percepção espiritual das pessoas em nosso planeta nos apresentando a origem, a evolução e o destino da humanidade. É um guia de crescimento espiritual que através da informação da verdade ajuda a promover a evolução material, espiritual e o perfeccionamento de cada individuo que por si deve buscar a unificação com o todo. Este despertar espiritual lançaria uma nova e melhor era nas relações humanas, onde poderíamos realizar a fraternidade social, alcançar a paz e a boa vontade duradouras através da transformação espiritual de cada indivíduo e de toda a humanidade.

O Livro de Urântia contém 196 documentos, distribuídos em quatro partes totalizando 2.097 páginas, cada qual discorrendo sobre um tema onde também aprendemos que Urântia é o nome cósmico dado ao nosso planeta pelos seres celestiais. O Livro de Urântia se apresenta como isento de autores humanos, vivos ou mortos. Seus autores se apresentam como Seres Celestiais (filhos descendentes de Deus) devidamente identificados ao final de cada documento. Através deles somos instruídos sobre a origem, propósito, história e destino dos Universos Perfeitos, dos Universos em Evolução, da humanidade e da nossa relação com Deus. Nos revelam Deus e seus coligados e uma vasta hoste de seres, descendentes e ascendentes, como foram criados e porque.

Descrevem nosso Universo Local: origem, estrutura e propósito. Informam detalhadamente sobre o nosso Planeta Urântia, desde a criação, do surgimento da vida e do seu desenvolvimento até aos dias atuais. É uma proposta de unificar e expandir o conhecimento científico e religioso atual através da verdade abrindo assim novos horizontes para o entendimento do tempo, espaço e eternidade.

Apesar de apresentar muitos conceitos novos, dedica muita atenção à exaltação do lar, educação e equidade social. Revelam a aventura da ascensão do homem no Universo para encontrar o Pai Universal. Afirma que os seres humanos foram criados à imagem de Deus e dotados de livre arbítrio que somos habitados por um fragmento de Deus que nos conduz através do universo até alcançarmos o Paraíso, a vida eterna. Em sua base, o livro não apoia religiões sectárias, mas é um presente para todas as religiões, pois permite a expansão dos seus conceitos, inclusive para o cristianismo, mas não é propósito dos Reveladores começar uma nova seita ou igreja.

“O Livro de Urântia tem potencial para contribuir de modo significante com o pensamento religioso e filosófico de todos os povos; verdadeiramente tem o potencial de organizar o destino do mundo.”