Posso me converter para a “Religião” do Livro de Urântia?

Segundo o mandato de publicação, o pedido foi par aqui O Livro de Urântia não se tornasse uma religião!

O O livro de Urântia não se trata de uma religião institucionalizada e sim de ensinamentos profundos sobre o Universo, quem somos, o que seremos, quais foram os maiores eventos, por quê aconteceram e o que pode acontecer. Seus segredos revelados são muito importantes para nossa humanidade. Independente das religiões e de tudo o que elas nos trouxeram de mais incrível. Independente das crenças que se assemelham ou não, é inegável que o ser humano tem alguma ligação com Deus Supremo e com o que Ele representa. Portanto, o Livro de Urântia não é uma nova religião institucionalizada e nem pretende ser. Ele fala de maneira detalhada e bem realista sobre a “religião pessoal” e todos os desdobramentos dela de acordo com a fé, o serviço e a ciência. 

Além disso, os passos emitidos aos emissários de contato mostraram, entre várias coisas, que Deus é um ser muito maior e magnífico do que todas as religiões podem definir e imaginar, ou seja, Deus É o Ser Supremo dos Supremos e que O Livro de Urântia não deveria se tornar uma religião.

O livro também nos instrui perfeitamente sobre a gênese, a nossa relação com Deus e todas as comprovações científicas e espirituais que já passamos até aqui e até de acontecimentos futuros.

É importante entender que o Livro de Urântia não é mais um livro esotérico, até porque ele é bastante profundo e traz informações que nunca foram nem cogitadas na nossa sociedade . Ou seja, as nossas crenças até agora são bem mínimas e pequenas em relação a todas as revelações. A história física, biológica e espiritual de Urântia (O planeta Terra) é contada com muitos detalhes na terceira parte do livro e nos faz questionar muitas coisas que já conhecemos até hoje. É óbvio que a estrutura da fé obriga o indivíduo a crer sem ver, porém os 197 documentos são bem escritos segundo uma linha coerente, científica e emocional. Todas as informações tem lógica e fazem muito sentido.

E por que o nome Urântia?

Porque esse é o nome cósmico do nosso Planeta Terra e fazemos parte de um vasto universo que está dentro de um super universo. Posteriormente, falaremos mais sobre essas divisões.

Sim! O Livro de Urântia (que não é uma religião, mas fala de muitas religiões e filosofias, inclusive contando seus propósitos iniciais) foi escrito por seres cósmicos que são muito maiores do que possamos definir aqui neste exato momento, sendo revelado para pessoas específicas para serem revelados para todos, com o intuito de expandir a consciência humana. Ele possui 2097 páginas e foi inscrito como uma revelação para mil anos. Sabemos que o livro é complexo e que cada detalhe dito possui sua explicação segunda a fonte que o relata.

Você como um verdadeiro buscador do que é real, com certeza chegou até aqui com o intuito de saber ainda mais. Leia o livro completamente, pois todas as informações que iremos colocar aqui, por mais que sejam verdadeiras, não serão tão absurdamente completas quanto cada página fascinante do livro.

Agora nos fale, o que você crê?

Independente de crenças e religiões, precisamos solucionar muitos conflitos que estão aparecendo com a modernidade e que transcende o que já sabemos até então. Crer sem ver é fé, mas existe muito mais por trás disso e precisamos ser capazes de ao menos entender, já que nos foi bondosamente revelado.

Vamos preencher as lacunas das nossas vidas? Vamos ler o Livro de Urântia e juntos disseminar suas informações e ajudar todas as religiões sem distinções?

Deixe seu comentário e vamos conversar sobre isso. Abraços!!!

Suporteuab
Suporteuab
Artigos: 109

Deixe um comentário

plugins premium WordPress