Categoria Blog/Artigos

Uma História do Movimento Urântia

Vários membros desse grupo que participaram nos “contatos” preliminares que levaram à aparição dos Documentos de Urântia, tinham uma experiência considerável na investigação de fenômenos psíquicos. Esse grupo chegou rapidamente à conclusão de que os fenômenos relacionados com a personalidade, que mais tarde foi associada com os Documentos de Urântia, de modo algum eram similares a nenhum outro tipo de fenômeno psíquico conhecido – tal como hipnose, escrita automática, clarividência, transe, mediunidade, telepatia ou dupla personalidade. Deve ficar claro que os antecedentes dos Documentos de Urântia não estiveram associados, de modo algum, com o chamado espiritismo – com as suas sessões e com a sua suposta comunicação com espíritos de seres humanos falecidos. Atividades de contato que precederam os Documentos de Urântia Pareceria que durante esses primeiros anos, nossos amigos invisíveis se ocupariam de provar profundamente à personalidade de contato, ensaiando a técnica de comunicação, selecionando os Comissionados de Contato – de fato, preparando o terreno, de modo geral, para a subseqüente iniciação da apresentação dos “Documentos de Urântia”. Durante esses primeiros anos fomos introduzidos a muitos conceitos novos, e, para nós, um tanto estranhos, sobre o universo dos universos e sobre o homem e sua vida na Terra. Entre essas numerosas idéias novas sobre cosmologia e filosofia, podem ser mencionadas as seguintes: Um novo conceito sobre um vasto cosmo. Milhões de outros planetas habitados. Introdução a um grande número de diferentes e variados corpos de personalidades celestes. Confirmação da origem evolucionária da humanidade – até mesmo de um cosmo evolucionário. Indícios de múltiplas Deidades Criadoras. Exame tentativo dos nossos conceitos teológicos. Determinação paciente de quão longe poderíamos chegar nas modificações das nossas crenças teológicas e opiniões filosóficas. Sem percebê-lo, durante um período de vinte anos os nossos pontos de vista e atitudes religiosas fundamentais foram mudadas consideravelmente. Tinhamo-nos familiarizado […]
Leia maisUma História do Movimento Urântia

Sugestões para começar um grupo de estudo

Os antigos líderes do movimento Urântia foram aconselhados a formarem grupos de estudos. Talvez porque o ambiente de grupos de estudos seja considerado o local mais eficaz para que os ensinamentos do Livro de Urântia se enraízem nos corações e mentes dos participantes enquanto se desenvolvem laços sociais e de amizade entre os leitores. O ideal é que a participação em grupos de estudos permita que se desenvolva um crescimento natural da compreensão numa atmosfera familiar e amigável. Os anfitriões de grupos de estudos embarcam numa jornada repleta de muitas compensações assim como de algumas dificuldades. Por essa razão, é que entendemos que alguns grupos de estudo prosperam e outros não. Anfitriões de grupos de estudos bem sucedidos descobriram que as chaves básicas para o sucesso de um grupo, é a sua consistência, dedicação, paciência, compreensão, amor e esforço. O objetivo desta publicação é dar assistência aos leitores que desejam tornar-se anfitriões de grupo de estudos do Livro de Urântia ou que já estejam exercendo este papel. Comprometer-se a liderar um grupo de estudos é uma decisão significativa pois se deve estar preparado para compartilhar estes documentos, que são tão caros e próximos a seu coração, com pessoas pouco conhecidas. A Fundação Urântia não dispõe de um conjunto de regras para a formação e conduta de um grupo de estudos. No entanto, podemos compartilhar o que aprendemos com nossos companheiros leitores que participaram em vários tipos de grupos. Sabemos que com o passar do tempo, cada grupo desenvolve sua própria característica e estilo particular de estudar o livro, um estilo que melhor se ajuste às necessidades de cada um dos seus membros. Se você está interessado em ter seu grupo de estudos listado na base de dados da Fundação, de maneira que lhe sejam encaminhados novos leitores da sua área, […]
Leia maisSugestões para começar um grupo de estudo

Jesus de Nazaré: Um estudo sobre o seu caráter.

A história de Michael começa - pelo menos para nós nebadonianos - há cerca de quatrocentos bilhões de anos, quando o nosso universo local começou a ser organizado pelo então Filho Criador da Ordem dos Michaéis, e foi nesta época que deu início à construção de Salvington e das outras esferas-sede do universo.
Leia maisJesus de Nazaré: Um estudo sobre o seu caráter.

Sete Mistérios da Bíblia Decifrados

Apesar do medo que os mistérios impõem sobre o homem, a tendência da mente humana é partir ao encontro do desconhecido, mesmo diante do perigo que possa representar. Desde muito cedo as mentes mais corajosas moveram o mundo no intuito de desvendá-los. Ainda nos dias atuais o homem encontra-se impermeado de perguntas sem respostas, apesar do avanço da ciência e da tecnologia. Em pleno Século XXI os mistérios ainda fazem parte do cotidiano das pessoas. Com o advento da internet, vivemos a chamada Era da Informação, mas o que encontramos na vedade é um oceano de informações duvidosas. Por exemplo, ao se digitar a palavra “mistérios” no Google surgem mais de 7 milhões de resultados. É uma infinidade de sites, dos mais diversos tipos, que tratam de temas que abrangem desde a História Antiga, como Atlântida, Antigo Egito, civilizações perdidas, tesouros, reinos e cidades secretas, infinidade de mitologias, lendas, etc. e também dos dias atuais, como fenômenos ufológicos, espíritas e outras coisas aparentemente inexplicáveis. As informações contidas no Livro de Urântia trazem luz sobre inúmeras dessas questões, consideradas como “mistérios da humanidade”. A lista é grande, mas para esta apresentação foram escolhidos sete temas encontrados na Bíblia, que não tem resposta nela mesma: O Príncipe deste Mundo Os Nefilins O Casamento de Caim Noé e o Dilúvio A Torre de Babel Enoque e Elias A Ordem Melquisedeque 1. O Príncipe Deste Mundo No Evangelho Segundo João constam frases de Jesus que mencionam sobre o Príncipe deste mundo. Mas não encontramos dentro da Bíblia algo que possa responder seguramente quem seria este príncipe. A teologia cristã defende que este príncipe é Lúcifer, o que na verdade são apenas conjecturas, pois não há informação bíblica de que Deus ou qualquer outra autoridade celeste tenha dado a ele tal título. Vejam as citações […]
Leia maisSete Mistérios da Bíblia Decifrados
plugins premium WordPress